Triangle Circle Shapes
Square Cross Shapes

PixelJunk™ Eden

Apenas na PlayStation
  • PS3

Entra no lindíssimo jardim do Éden, um local de onde nunca vais querer sair...

  • Lançamento: Já à venda
  • Género: TBC
  • Editor: SCEE
  • Programador: Q-Games
    generic-dualshock4-two-column-01-ps4-eu-17sept14

    O terceiro jogo da série Q-Games PixelJunk, PixelJunk Eden é um jogo de plataformas diferente e refrescante. Controlas uma criatura minúscula cuja tarefa é recolher tesouros num jardim dinâmico cheio de vida vegetal. Ao bater contra os inimigos, libertas montanhas de pólen que podem ajudar as luxuriantes plantas alienígenas a evoluir e a crescer. À medida que elas se desenvolvem, o teu jardineiro em miniatura pode saltar, balançar e voar através das mesmas, para chegar mais longe entre a vegetação e reunir todos os tesouros do nível antes do tempo disponível se esgotar.

    Apresenta gráficos em 2D com um estilo característico e projectados numa bela resolução 1080p. PixelJunk Eden é uma experiência distinta e única que oferece uma jogabilidade orgânica que cresce à medida que jogas.

    • Aprecia a sensação de prodígio e liberdade à medida que alimentas o teu jardim em evolução
    • Segue as melhores pontuações de um jogador e do modo cooperativo em tabelas de líderes online
    • Suporta Jogo Remoto para compatibilidade PSP
    Pixel Junk Eden screenshot 8

    No jardim do Éden

    PixelJunk Eden é um mundo psicadélico que não vais querer abandonar.

    PixelJunk Eden é uma espécie de lâmpada de lava interactiva: vais ficar fascinado pelas suas formas de movimento contínuo, enquanto cores brilhantes se fundem, germinando ramos que se curvam e entrelaçam qual caligrafia fluorescente. No entanto, à medida que jogas, apercebes-te de que os níveis não são tão passivos como pensaras: estes mundos orgânicos estão sob o teu controlo e cada rebento é um caminho para o teu objectivo.

    PixelJunk Eden é o terceiro título da série PixelJunk, desenvolvido em exclusivo para a PlayStation Network pela Q-Games, um estúdio com a simplicidade, familiaridade e originalidade como palavras de ordem. Apesar disso, não esperes encontrar um jogo de aspecto semelhante aos seus predecessores, PixelJunk Racers and PixelJunk Monsters - os visuais e jogabilidade de PixelJunk Eden são totalmente únicos.

    Controlas uma pequena criatura denominada Grimp enquanto esta se movimenta de jardim para jardim em busca de Spectra. Grimp agarra-se a todas as superfícies em que toca, sendo que poderás atirá-lo em qualquer direcção (utilizando o manípulo direito para apontar) e lançar um fio para te baloiçares entre as plantas e no jardim.

    No início, cada nível encontra-se povoado apenas com algumas plantas e orbes coloridos que flutuam no ecrã. Se te lançares para esses orbes, estes quebram-se e libertam pequenas partículas de pólen. Se te balançares para o pólen, este dispersa-se para a semente mais próxima. Podes aumentar a quantidade de pólen libertado capturando orbes em sucessão rápida. Quando uma semente tiver recebido pólen suficiente, transforma-se numa nova planta. O objectivo do jogo consiste em movimentar-se no nível, recolhendo pólen e enchendo o jardim de novas plantas a partir das quais te poderás balouçar para alcançar os Spectra inalcançáveis.

    O Grimp flutuante e a forma como se balanceia do fio correspondem ao ritmo dos orbes, das explosões silenciosas de pólen e da fauna emergente. Tudo se mexe ao mesmo ritmo lento, o que permite a complementaridade entre a banda sonora suave embora electrónica e os visuais, adicionando-se batidos ao mar de cores a desenrolar no ecrã.

    No entanto, não devemos considerar este carácter descontraído como sinónimo de jogabilidade fácil. PixelJunk Eden é extremamente acessível, uma vez que durante grande parte do jogo utilizas apenas um botão. Todavia, se alguns Spectra são fáceis de encontrar, outros estão tão bem guardados que precisas de utilizar a planta correcta como plataforma e baloiçar-te na altura certa se quiseres evitar uma queda para o fundo do jardim. Cada um dos 10 jardins contém 5 Spectra, sendo que a recolha dos 50 só é possível após muitas horas de jogo.

    A tornar o progresso mais difícil, encontra-se um indicador na base do ecrã (o Oscillator), o qual diminui com o tempo e expulsa-te do jardim quando estiver vazio. Podes recarregá-lo com cristais, embora estes existam em número limitado. Nos jardins mais difíceis, o teu Grimp terá de enfrentar inimigos que cortam o fio e esvaziam o Oscillator quando lhes tocas; ora, uma vez que não podes destruí-los, a única solução é evitá-los a todo o custo. Se tiveres dificuldades, poderás optar por pedir a ajuda de um máximo de 2 amigos.

    Finalmente, PixelJunk Eden inclui ainda um modo de vídeo único que te permite gravar o teu desempenho e carregá-lo para o YouTube. E o jogo também suporta a Reprodução Remota para a PSP, permitindo que jogues no jardim de outra pessoa, se o desejares.

    A Q-Games está a consolidar uma reputação pela criação de títulos inovadores e de qualidade para a PlayStation Network e PixelJunk Eden é mais um exemplo do seu bom trabalho. Trata-se de um caleidoscópio de cores e crescimento de aspecto sumptuoso, ao qual subjaz um jogo de plataformas sólido. É uma massagem para os sentidos.

    Salta para os jardins do Éden: não vais desejar regressar ao mundo real.

    • Jogadores

       Jogadores

    •  
    •  
    •  
    •  
     
     

    Vê-o em ação

    Vídeos e imagens