Horizon Zero Dawn: A história até agora

Antes de desbravar o Oeste Proibido, reveja a história épica de Aloy, a caçadora de máquinas, em Horizon Zero Dawn. Ela se passa em um mundo pós-apocalíptico onde a natureza retomou as ruínas do Velho Mundo e máquinas colossais dominam os ermos verdejantes.

Parte I: A exilada

Um presente do passado

Exilada desde o nascimento pelos Nora, uma tribo de grandes caçadores, Aloy nunca conheceu o calor do abraço materno ou o apoio de uma comunidade. Enquanto crescia, seu único companheiro era Rost, o severo e bondoso exilado que a criou nos ermos das Terras Sagradas da tribo. 

Aos seis anos, enquanto tentava fugir do tormento de outras crianças Nora, Aloy caiu nas ruínas assombrosas de uma instalação do Velho Mundo. Dentro desse lugar proibido, ela encontrou um Foco, um dispositivo de realidade aumentada que permitia interagir com tecnologia do Velho Mundo, ler dados antigos e ver as fraquezas de qualquer máquina.

Graças ao Foco e aos ensinamentos de Rost, Aloy aprendeu a sobreviver em condições inóspitas e caçar máquinas mortíferas. Mas o que ela mais queria saber, Rost não tinha como ensinar: quem eram os pais dela, e por que motivo ela tinha sido exilada.

A Provação

O segredo do nascimento de Aloy era cuidadosamente guardado pelas Matriarcas da tribo. Por isso, Aloy passou muitos anos treinando para a Provação, um rito de passagem Nora feito para levar o corpo ao limite. As Matriarcas seriam obrigadas, pela tradição, a satisfazer um desejo do vencedor, e ela pediria para ouvir os segredos de sua origem.

Aloy competiu e venceu, mas, assim que conquistou a vitória, o torneio foi atacado por um grupo de cultistas assassinos. Equipados com Focos e armas avançadas, eles massacraram os outros competidores e feriram Rost fatalmente. Com o que restava de sua força, Rost jogou Aloy para longe de uma bomba, sacrificando-se para salvar a vida dela.

O Ventre da Montanha

Aloy acordou sob a montanha sagrada dos Nora, a Mãe-de-Todos, onde ela baixou uma mensagem do Foco de um cultista morto. A mensagem revelou que os agressores foram enviados para matá-la devido a uma semelhança incrível com uma mulher desconhecida da antiguidade. Ao ver o rosto da mulher, Aloy achou que essa poderia ser a mãe que ela tanto desejava ter.

Teersa, uma Matriarca gentil, levou Aloy para onde ela foi encontrada sozinha quando era bebê, em frente à antiga porta de metal que representa a deusa deles, a Mãe-de-Todos. A porta permaneceu selada, mas o sistema de biossegurança se ativou na presença de Aloy. Interpretando isso como um presságio, as Matriarcas nomearam Aloy uma Emissária, dotada do raro privilégio de deixar as Terras Sagradas em buscas de resposta.

Quando Aloy estava prestes a partir, um robô de guerra ancestral chamado Corruptor atacou os Nora. Aloy enfrentou e derrotou a máquina para defender a tribo. Em seguida, ela usou o Foco e sua aptidão natural para tecnologia para replicar um componente dos destroços da máquina. Isso permitiu que Aloy aprendesse a converter máquinas, transformando-as em montarias ou aliadas de batalha.

Sol e Sombra

Seguindo uma pista revelada através do Foco, Aloy viajou para Meridiana, capital da poderosa tribo Carja. Através de um informante, ela descobriu que os cultistas eram de uma facção rebelde dos Carja da Sombra chamada Eclipse. Eles eram um grupo leal ao falecido Rei Sol Louco Jiran, que foi deposto após enviar os Carja em uma campanha sangrenta de sacrifícios humanos ritualísticos contra tribos vizinhas, e até contra os próprios Carja.

Liderados pelo antigo campeão de Jiran, Helis, a tribo dissidente de fanáticos agora servia um deus sombrio e misterioso chamado HADES. Essa entidade desconhecida prometeu ajudá-los a reconquistar Meridiana em troca da lealdade deles. Ele também enviou a ordem de matar Aloy na Provação, temendo que ela tivesse alguma relação com a mulher desconhecida.

Personagens

Aloy conheceu muitas pessoas na jornada. Alguns, como Varl, outro guerreiro Nora, e Erend, um Vanguarda Oseram, a ajudaram. Outros tinham motivos escusos e só queriam atrapalhar a missão dela.

Parte II: Segredos nas Profundezas da Terra

A Praga Faro

Guiada por uma voz misteriosa que fala através do Foco, Aloy escalou as enormes ruínas do Fim do Criador, que outrora foram a sede da Soluções Automatizadas Faro. Ela descobriu que, neste prédio, mil anos antes, o CEO Ted Faro desenvolveu uma série de robôs de guerra autorreplicantes que convertiam matéria biológica em combustível.

Eventualmente, um defeito fez um enxame dessas máquinas ignorarem ordens humanas. Com uma fome insaciável por biomassa e nenhuma autoridade capaz de detê-los, eles começaram a se multiplicar, se espalhar e matar descontroladamente. Chamada de "Praga Faro", esse evento catastrófico estava prestes a destruir toda a vida. Para o terror de Aloy, o Eclipse estava ressuscitando esses mesmos robôs de guerra.

Ela descobriu que a mulher desconhecida era Elisabet Sobeck, uma brilhante ecorroboticista do Velho Mundo e ex-empregada de Faro. Ele implorou que ela encontrasse um jeito de derrotar o Enxame e salvar o mundo. Elisabet aceitou, mas a solução que ela propôs, batizada de "Zero Dawn", era tão extrema que Faro ficou aterrorizado.

Vitória Permanente

A voz que guiava Aloy se apresentou como Sylens, um andarilho enigmático que valoriza o conhecimento acima de tudo. Percebendo que a assinatura genética de Aloy permitia que ela acessasse preciosos dados do Velho Mundo, ele sugeriu que ela seguisse os rastros de Elisabet até as ruínas do Comando de Robôs dos EUA.

Após eliminar todos os cultistas da base, Aloy soube da Operação: Vitória Permanente, um antigo plano de guerra que mobilizou a população civil do planeta para enfrentar o Enxame. Isso daria o tempo necessário para Elisabet concluir o Projeto Zero Dawn, supostamente uma superarma altamente confidencial. Havia mais repostas nas Instalações do Projeto Zero Dawn, mas ela estava sob a fortaleza dos Carja da Sombra, Pôr do Sol.

Com a ajuda de Sylens, Aloy desativou a rede de Focos do Eclipse e entrou na instalação sem ser detectada. Porém, Sylens saber tanto sobre eles a deixou desconfiada. Será que havia uma conexão mais profunda entre Sylens e os cultistas? 

Projeto: Zero Dawn

Dentro dos restos destruídos da Instalação do Zero Dawn, um segredo de séculos atrás foi revelado: o Projeto Zero Dawn não era uma superarma, e não havia qualquer esperança de deter a Praga Faro. Em vez disso, Elisabet Sobeck liderou uma equipe dos maiores cientistas do mundo na missão incansável de desenvolver um sistema de terraformação com inteligência artificial, que chamou de GAIA. 

Operando autonomamente, GAIA desenvolveu as máquinas que vagam pelo mundo de Aloy. Muito tempo depois do Enxame Faro ter devorado a biosfera e ser desativada, as máquinas de GAIA consertaram a terra, o céu e os mares. Em seguida, ela criou uma nova geração de humanos e animais usando embriões criogenicamente preservados. A vida viu mesmo um novo alvorecer, mas como uma semente crescendo das cinzas.

Em meio a essas revelações avassaladores, Aloy recuperou o arquivo de dados que permitiria que ela entrasse na Montanha da Mãe-de-Todos, onde os segredos do nascimento dela aguardavam. Porém, enquanto saia das instalações, ela foi emboscada e nocauteada por um grupo de Carja da Sombra.

O Terror do Sol

Aloy acordou em uma gaiola acima da arena de gladiadores de Pôr do Sol, onde o Eclipse a forçou a lutar contra um Brutamonte colossal. Ela superou as expectativas ao recuperar as armas e derrotar a temível máquina sem ajuda.

Enfurecido, Helis ordenou que dois Corruptores atacassem mas, naquele instante, uma explosão abalou as paredes do local. Sylens apareceu da fumaça, fugindo com Aloy montados em dois Aríetes convertidos. Sem ela, os segredos da montanha sagrada dos Nora permaneceriam selados para sempre.

Enquanto Aloy seguia para a Mãe-de-Todos, ela descobriu que as Terras Sagradas estavam sob ataque do Eclipse. Ao lado de vários guerreiros Nora, ela lutou bravamente contra uma horda de máquinas mortais e corrompidas. Os Nora sofreram muitas baixas, mas conseguiram rechaçar os invasores e, finalmente, as grandes portas de metal da Mãe-de-Todos se abriram para Aloy.

Armas e ferramentas

As tribos de Horizon desenvolveram uma ampla gama de armas para enfrentar as intimidadoras e agressivas máquinas.

Parte III: A sombra iminente

O Coração dos Nora

A Montanha da Mãe-de-Todos, afinal, era um dos Berçários de Gaia, que havia gerado a primeira nova geração de humanos. Já Aloy era particularmente especial: ela era uma clone de Elisabet Sobeck. 

Vinte anos antes, um sinal de origem desconhecidas se infiltrou em GAIA, transformando as subfunções delas em IAs independentes e caóticas. Uma dessas era HADES, o protocolo de extinção, desenvolvido para limpar a vida na Terra caso a tentativa de terraformação fosse malsucedida. GAIA temia que HADES, ensandecido e sobrecarregado, usasse os sistemas dela para destruir a vida ao invés de criá-la, então preparou o reator principal para se autodestruir.

A última ação da IA governante foi ordenar o nascimento de Aloy como "reencarnação" de Elisabet, a única pessoa que ela acreditava ser capaz de deter HADES. Aloy ficou chocada com a revelação, mas decidiu cumprir o propósito que GAIA havia lhe designado. Ela vasculharia os destroços de Gaia Prime e encontraria uma Conversão-Mestra capaz de eliminar a IA rebelde.

 

A Face da Extinção

Ao sair do Berçário, Aloy encontrou os Nora que, outrora a rejeitaram devido à fé cega, agora se prostravam diante dela pelo mesmo motivo. Isso deixou Aloy zangada, e ela pediu que eles abandonassem as tradições e ajudassem a derrotar o Eclipse.

Após chegar ao topo enregelante da Escalada Amarga e encontrar a Conversão-mestra, Sylens fez uma confissão a Aloy. Anos antes, ele tinha feito um acordo com HADES: em troca de conhecimento, Sylens ajudou a criar o Eclipse. A IA eventualmente o traiu, e agora ele estava determinado a destruí-la.

Juntos, Aloy e Sylens deduziram o objetivo final de HADES: despertar o Enxame Faro novamente usando o Ápice em Meridiana como torre de transmissão. A batalha final estava prestes a acontecer.

 

A Batalha de Meridiana

Aloy e aliados se reuniram em Meridiana, que estava sitiada por um enorme exército de cultistas e máquinas corrompidas. No topo das muralhas, Aloy enfrentou Helis, derrotando-o e vingando Rost. Trabalhando em harmonia, as tribos conseguiram repelir o primeiro ataque, mas foram sobrepujadas eventualmente.

A cidade começava a cair, então Aloy lutou até chegar no Ápice, onde HADES aguardava. Ele ordenou que um colossal Arauto da Morte atacasse, provocando uma luta feroz. Após derrotar a máquina, Aloy enfiou a lança de Sylens, equipada com a Conversão-mestra, no crânio de metal que abrigava HADES, interrompendo o sinal e, aparentemente, destruindo a IA.

Epílogo

Depois que os ânimos da batalha se acalmaram, Aloy viajou para o local do descanso final de Elisabet Sobeck. Ao lado das ruínas da casa onde Elisabet cresceu, Aloy escutou um registro de áudio deixado pela pessoa mais próxima de uma mãe que jamais teve. Nele, Elisabet contou à GAIA como gostaria que sua filha fosse. Curiosa, determinada e compassiva o suficiente para curar o mundo: tudo que Aloy viria a ser. 

Enquanto isso, no Ápice de Meridiana, um rastro de luz vermelha surgiu da contenção despedaçada de HADES. Sem que Aloy soubesse, a luz viajou pelo céu até um deserto desolado, onde Sylens aguardava. Ao lado dos destroços de uma grande máquina de guerra antiga, ele ergueu uma gaiola em formato de lampião, que absorveu a luz e capturou HADES.

As máquinas

O mundo de Horizon é cheio de máquinas cada vez mais mortais e enlouquecidas, produzidas em fundições automatizadas subterrâneas chamadas Caldeirões.

Parte IV: Ameaças do oeste

The Frozen Wilds

Após ouvir histórias de novas e temíveis máquinas e de uma estranha corrupção daemoníaca, Aloy viajou até o Corte, um território congelado ao norte. Junto aos Banuk que vivem nos Ermos Gélidos, ela descobriu que o Daemon era outra IA rebelde, HEFESTO, a subfunção de GAIA responsável pela construção de máquinas. Aloy deteve a corrupção destruindo a instalação que HEFESTO tinha tomado para criar as máquinas mortais. Porém, a IA em si conseguiu escapar.

Novos horizontes

HADES pode ter sido derrotado, mas a biosfera do mundo continua catastroficamente desequilibrada. Esperando encontrar um backup de GAIA, Aloy viaja ao Oeste Proibido, onde uma praga tóxica misteriosa está devastando o ambiente, envenenando os animais e ameaçando a vida daqueles que moram lá. Nessa terra desconhecida, ela conhecerá novas tribos e encontrará máquinas ainda mais perigosas. Ao lado de velhos e novos companheiros, ela precisa desbravar essa fronteira perigosa de modo a encontrar as respostas para reequilibrar a biosfera e salvar o mundo.

Compre na PlayStation Store

Edições

Edição Padrão

PS4
  • Horizon Forbidden West™ (PS4™)
  • Atualização digital para a versão PS5

Edição Padrão

PS4PS5
  • Horizon Forbidden West™ PS5 e PS4

Edição de Luxo Digital

PS4PS5
  • Horizon Forbidden West™ para PS4 e PS5
  • Trilha sonora + livro de ilustrações
  • História em quadrinhos digital
  • Item Brutamonte Elite Carja x2
  • Item Trovejante Elite Nora x2
  • Peça de Ataque das Máquinas
  • Pacote de recursos no jogo
  • Extras no Modo de fotografia
©2022 Sony Interactive Entertainment Europe. Desenvolvido por Guerrilla. Horizon Forbidden West é uma marca comercial da Sony Interactive Entertainment LLC.
Sony Interactive Entertainment Privacy Policy & EULA