Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man

REBELIÃO DE RHINO RESTRINGE A RUA!

Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - Electro
... mas o conflito causa danos de US$ 100 milhões

Por Ben Urich
O Spider-Man bateu de frente com Rhino quando o brutamontes blindado investiu contra uma caravana de carros blindados ao tentar fugir com milhões em barras de ouro. A dupla envolvida na briga tornou a esquina da Rua 49 com a 5ª Avenida sua arena, arremessando sinais e propriedades municipais um no outro.
O Spider-Man acabou vencendo o chifrudo esquentado, mas só depois que a dupla destruidora arrasou uma quadra inteira da cidade e pulverizou o adorado rinque de patinação no gelo da cidade. Agora que Rhino foi mandado para a Raft, a prisão de segurança máxima de New York, fica a pergunta: quem paga impostos terá mesmo que arcar com a conta multimilionária dos últimos estragos do Spidey?

PROBLEMAS NA PRISÃO

A Raft responde a rumores ridículos
Por Robbie Robertson

Sendo a coisa mais extraordinária do nosso sistema prisional local, a instituição de segurança máxima conhecida como Raft deveria ser o local ideal para supervilões encarcerados. Mas há rumores sobre sua suposta segurança instável, o que agrava o medo público de que a prisão impenetrável não funcione mais.

Há rumores de que a Raft não foi totalmente preparada para as habilidades extraordinariamente diversas dos internos. Informantes declaram que os protocolos de segurança implementados não são específicos o suficiente para conter totalmente os superpoderes dos internos, sendo que alguns relatam que os guardas da prisão improvisaram a contenção de prisioneiros durante crises ocasionais.

Na tentativa de amainar a inquietação, os funcionários da prisão emitiram uma declaração que detalha os planos de reuniões entre o diretor do presídio e funcionários municipais e estatais para formular novos padrões de excelência para a supervisão de supervilões encarcerados.

Como o trabalho foi planejado para começar imediatamente, os cidadãos, bem como os funcionários da prisão, podem respirar com um pouco mais de tranquilidade ao saberem que quaisquer falhas encontradas na fortaleza estão sendo tratadas.

Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - Prefeito Osborn

ENCONTROS COM A TUMBA

A nova droga das ruas, o pó de tumba, cria “monstros”
Por Betty Brant

As autoridades de saúde alertam os cidadãos para que evitem uma droga das ruas que é violenta, nova e altamente viciante, chamada pó de tumba. Informações médicas obtidas exclusivamente pelo Clarim Diário descrevem as alterações violentas pelas quais os usuários passam imediatamente após ingerirem a droga.

Os bioquímicos trabalham com afinco para descobrir a fórmula, cujos efeitos supostamente alteram a aparência dos usuários. Testemunhas oculares aterrorizadas declaram que a pele dos usuários fica acinzentada e rígida, exatamente como se tivessem se transformado em pedra. Outros relatam que os usuários têm surtos de raiva, sendo violentos com cidadãos inocentes e, até mesmo, consigo.

Para a segurança e o bem-estar de todos, as autoridades de saúde insistem que as pessoas que possam ter usado o pó de tumba procurem ajuda imediatamente.

Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - J. Jonah Jameson

O F.E.A.S.T. É PARA TODOS

O abrigo de sucesso se aproxima de seu quinto aniversário
Por Ben Urich

O caridoso empresário Martin Li abriu seu primeiro abrigo F.E.A.S.T. em Chinatown há cinco anos. Desde então, tornou-se uma luz no fim do túnel para quem não tem esperança em New York.

Ao ser indagado sobre seu sucesso, Li simplesmente declara: “Não devo meu sucesso a algo, mas a alguém.” Li dá todo o crédito aos que dedicam fielmente todo o seu tempo à causa, como May Parker, que ele declara serem os verdadeiros heróis que mantêm o F.E.A.S.T. funcionando diariamente.

Li não tem planos de celebração e declara que o F.E.A.S.T. tratará seu quinto aniversário como fez em seu primeiro dia: oferecendo conforto e ajuda aos mais necessitados.

Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - Empire State University

AFASTEM O ARANHA

Não deixem que o ameaçador Spider-Man substitua a força policial
Artigo de opinião enviado por James Stevenson

Já faz muito tempo que a lei aguenta a farsa “heróica” do Spider-Man. Sua presença contínua já pôs em risco a própria missão e reputação dos policiais de New York.

Quando foi que o comissário de polícia expressou a necessidade de aliados? Que eu lembre, nunca. Em vez de trabalhar lado a lado com os bravos homens e mulheres da força policial, o vigilante amador põe uma máscara e vai se balançando pela cidade usando sua própria forma descabida de justiça contra os criminosos da cidade.

Não vamos depender dessa ameaça mascarada para fazer o trabalho de pessoas que treinaram anos para isso! Se ele fala sério a respeito de livrar New York
do crime, deveria seguir o exemplo das autoridades legais e combater o crime de modo legal: de farda e distintivo!

FISK FISCALIZADO

Escritório do diretor executivo é revistado em meio a rumores de "manda-chuva"
Por Kat Farrell

Há rumores envolvendo o magnata das construções, Wilson Fisk. Há boatos de que Fisk e sua construtora alimentam o lado negativo criminoso de New York, sendo que informações anônimas declaram que o próprio Fisk é seu “manda-chuva” não identificado.

As autoridades declaram que não tiveram escolha senão sondar o respeitadíssimo diretor executivo em busca de respostas. Após uma busca completa, não foi encontrada nenhuma prova concreta que servisse de apoio às declarações, levando o departamento de polícia a cessar qualquer outra investigação contra Fisk e a fofoca chamada de “manda-chuva”.

Apesar das recentes alegações contra ele, Fisk deixou claro que isso não o incomoda. O magnata viajou para o Japão para continuar as negociações com parceiros em potencial para planos de desenvolvimento no exterior.

Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - Empire State University
© 2018 MARVEL

EDIÇÕES DO CLARIM DIÁRIO