Os melhores jogos de plataformas para a PS4 - guia de compras essencial

Desde expedições mais exigentes a aventuras relaxantes, na nossa lista de jogos de deslocação lateral imperdíveis vais encontrar títulos para todos os gostos 

Guacamelee! 2

Produtora: Drinkbox Studios
O essencial: Mistura de jogo de plataformas/luta com muito humor
Dificuldade: 3/5

O animado jogo da Drinkbox Studios, protagonizado por um “luchador”, foi um êxito surpresa na PS3, e a sua sequela não desapontou, apresentando uma mistura perfeita de exploração, combate, plataformas e comédia. Ah, e permite-te transformares-te numa galinha superpoderosa. Já te convencemos? 

 
 

Dead Cells

Produtora: Motion Twin
O essencial: Um “roguelike” exigente com um brilho no olhar
Dificuldade: 5/5

Foi um dos maiores êxitos de 2018 e exige capacidade de resistência, cabeça fria e reflexos rápidos, mas também reserva grandes recompensas. Neste jogo de ação e aventura afinado ao pormenor da produtora francesa Motion Twin não existem duas sessões de jogo iguais, o que permite jogá-lo vezes sem conta.

Hollow Knight

Produtora: Team Cherry
O essencial: Um excelente jogo de exploração e aventura ao jeito de Metroid
Dificuldade: 4/5

Hollow Knight, um projeto de paixão criado por uma pequena equipa, foi eleito como um novo clássico do género em 2018. E por bons motivos. É verdadeiramente delicioso descobrir o seu mundo cativante e melancólico habitado por insetos guerreiros, enquanto que os combates contra bosses e os desafios de plataformas intensos serão um bom exercício para os dedos.

 
 

Unravel

Produtora: Coldwood Interactive
O essencial: Uma aventura que toca o coração
Dificuldade: 3/5

Esta aventura encantadora criada por uma talentosa equipa sueca coloca-te na pele de um pequeno herói conhecido como Yarny, cujo corpo é feito de cordel. Enquanto exploras o mundo terás de usar o teu cordel para resolver quebra-cabeças ao envolver objetos, formar pontes, balançar entre plataformas e por aí fora. A sua excelente sequela adiciona suporte cooperativo.

 
 

Celeste

Produtora: Matt Makes Games
O essencial: Um jogo de plataformas tocante que exige grande precisão
Dificuldade: 4/5

Não te deixes enganar pela sua estética básica; Celeste é uma experiência totalmente moderna. O criador Matt Thorson juntou uma história emocionante com desafios de plataformas minuciosos, adicionando novas mecânicas e aumentando a dificuldade gradualmente até dares por ti a protagonizar feitos extraordinários de grande destreza manual. 

Sonic Mania

Produtora: Sega
O essencial: O regresso às raízes de um ícone das plataformas
Dificuldade: 3/5

Um jogo onde a Sega regressa às bases com uma experiência Sonic de estilo rétro que coloca o ouriço azul a correr do ponto A ao ponto B o mais depressa possível... sem deixar para trás os anéis dourados, claro. Uma fórmula simples afinada até à perfeição por uma equipa jovem e apaixonada de superfãs do Sonic.

 
 

Inside

Produtora: Playdead
O essencial: Uma história sombria e deliciosa repleta de momentos inesperados
Dificuldade: 3/5

O tenebroso jogo de estreia da Playdead, Limbo, foi uma das experiências mais memoráveis da PS3, e o seu sucessor espiritual mostra-se mais do que à altura dos seus pergaminhos. Revelar mais do que isto seria arriscar prejudicar a tua experiência. Reserva uma tarde de chuva para o jogar e lança-te de cabeça.

 
 

Shovel Knight

Produtora: Yacht Club Games
O essencial: Um jogo de ação rétro fabuloso com muitos saltos e combates
Dificuldade: 3/5

Criado à medida para apelar à nostalgia de quem se recorda com carinho dos clássicos de plataformas da era dos 8 bits, Shovel Knight é uma masterclass no campo do design de jogos “à antiga”. O jogo de estreia da Yacht Club tem um carisma inegável e está simplesmente a rebentar pelas costuras com todo o conteúdo que apresenta. A edição Treasure Trove junta cinco expansões ao jogo de base.

Steamworld Dig 2

Produtora: Image & Form
O essencial: Uma aventura subterrânea deliciosa
Dificuldade: 3/5

A maior parte dos jogos de plataformas colocam a verticalidade no centro da experiência e levam os jogadores a saltarem de plataforma em plataforma de modo a alcançarem alturas de outro modo inacessíveis. Mas esse não é o caminho escolhido pelos dois jogos da série Steamworld Dig. Pega na tua pá e começa a escavar em busca de espólios, monstros e aventuras nas profundezas da terra. Uma encantadora reviravolta sobre um género estabelecido.

 
 

The Messenger

Produtora: Sabotage Studio
O essencial: Estética vintage com espírito do século XXI
Dificuldade: 4/5

De Shinobi a Ninja Gaiden, os humildes ninjas são umas das principais estrelas dos jogos de plataformas desde o início da era dos videojogos. The Messenger surripiou os corações de uma nova geração ao oferecer uma série de desafios diabólicos para vencer e uma coleção impressionante de mecânicas inteligentes que vão deliciar os jogadores. 

 
 

Little Nightmares

Produtora: Tarsier Studios
O essencial: Um conto de fadas sombrio apresentado por uma equipa talentosa
Dificuldade: 3/5

Uma aventura inesquecível ao estilo de Tim Burton em igual parte adorável e arrepiante. Jogas com uma jovem rapariga encurralada num navio escuro e perigoso conhecido como Maw. Para escapares, terás de te evadir aos seus habitantes macabros enquanto resolves uma série de quebra-cabeças envolvendo os cenários do jogo. 

Wonder Boy: The Dragon's Trap

Produtora: Lizardcube
O essencial: Um clássico dos anos 1980 recebe um novo visual cheio de estilo
Dificuldade: 4/5

Quer te recordes do original de 1989 ou não, Wonder Boy: The Dragon’s Trap é irresistível para os fãs de jogos de plataformas tradicionais. O grafismo recebeu um novo visual fantástico que parece pintado à mão, mas a jogabilidade, que te pede para trocar entre várias personagens, continua tão diabólica como sempre.

 
 

Mega Man 11

Produtora: Capcom
O essencial: O bombardeiro azul voltou
Dificuldade: 5/5

Oito níveis para percorrer, oito bosses para derrotar, oito habilidades únicas para desbloquear - tal como sempre. Como diz o velho ditado, em equipa que ganha não se mexe, e isso também é válido aqui, no 11º capítulo do ícone de plataformas da Capcom. Um punhado de novas mecânicas adicionam-lhe um gostinho contemporâneo, mas não deixa de ser uma aventura à moda antiga criada com uma grande atenção ao pormenor.

 
 

Salt & Sanctuary

Produtora: Ska Studios
O essencial: Um diabólico tributo em 2D à série Dark Souls
Dificuldade: 5/5

Salt & Sanctuary não tem receio de exibir as suas influências, transpondo com habilidade a fórmula viciante “morrer e repetir” do Dark Souls para um plano 2D, e onde nem falta uma história misteriosa, inimigos com um design aterrador e – vamos ser diretos – um nível de dificuldade temível. Mas se estiveres à altura do desafio, esta é uma versão inteligente e cativante do género de jogo que lhe serviu de ponto de partida.

LittleBigPlanet 3

Produtora: Sumo Digital
O essencial: Constrói o teu próprio jogo de plataformas
Dificuldade: 3/5

O terceiro capítulo desta série de jogos de plataformas criativos faz jus ao mantra “joga, cria, partilha” que sempre a orientou. Para além de oferecer uma bela campanha, também te permite utilizar as ferramentas de criação do jogo para dares forma às tuas próprias experiências a partir do zero e de seguida partilhá-las com uma grande comunidade composta por outros jogadores.

 
 

N++

Produtora: Metanet Software
O essencial: Ação minimalista para dedos ágeis
Dificuldade: 4/5

Não te deixes enganar pelo seu grafismo básico – o N++ é um dos jogos mais cativantes da PS4. Com milhares de “microníveis” únicos, este é um verdadeiro teste aos teus reflexos que te levará a dizer “só mais uma tentativa” após cada erro cometido.