Grandes jogos de ação furtiva na PS4: Guia de compras essenciais

Doze formas distintas de praticar infiltração, assassinato e exploração e depois uma fuga sem complicações.

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Por que motivo é essencial: A obra de "ação de espionagem tática" já foi submetida a várias revisões, histórias secundárias e alternativas com níveis variados de ação para complementar os dias passados a brincar às escondidas e a disparar dardos tranquilizantes aos guardas-patrulha.

Aquele equilíbrio delicado entre permanecer escondido e tomar decisões imediatas quando te descobrem alcança o pico da jogabilidade em Metal Gear Solid V e no respetivo capítulo de prólogo, Ground Zeroes.

Nunca antes fora Snake, o protagonista da série, tão capaz de controlar e voltar às ações furtivas após se envolver em tiroteios com inimigos à distância ou de perto.

Dishonored 2

Por que motivo é essencial: Nunca um mundo pareceu tão gasto e visceral como a cidade de Karnaca em Dishonored 2. Repleto de espaços apertados e peitoris altíssimos, a cidade oferece muitas oportunidades de exploração para surpreender os inimigos após observação e planeamento cuidados. A sequela permite-te optar por jogar na pele do protagonista do original, Corvo Attano, ou da Imperatriz das Ilhas, Emily Kaldwin, cada um com poderes exclusivos.

O folclore incluído em livros opcionais e ouvido em conversas mistura-se com os poderes sobrenaturais que permitem manipular o tempo, a distância e as forças de outro mundo. Os mundos de ambos os jogos reagem à mortalidade causada por ti, pois quanto mais inimigos matares, mais mergulhas o mundo na escuridão. Incapacita e esconde os inimigos e poderás assim tentar salvar o mundo.

Hitman 2

Por que motivo é essencial: O Agente 47 é um assassino profissional careca com um código de barras tatuado na nuca e tem aceite contratos de assassinato há quase 20 anos. O jogo mais recente, Hitman 2, é uma série de cenários de exploração e assassínio em constante atualização.

Cada nível apresenta um ambiente repleto de possibilidades, onde praticamente todas as pessoas têm uma rotina própria para acompanhar e roupas com que te podes disfarçar depois de as eliminares. Esta ação garante o acesso a novas áreas, onde os perigos ambientais podem ser transformados em armadilhas para eliminar um alvo principal.

Claro que, se te aproximares o suficiente, o Agente 47 pode sempre sujar as mãos numa variedade de meios letais, quer os tenhas escolhido antes de iniciar a missão ou apanhado pelo caminho.

Assassin's Creed Syndicate

Por que motivo é essencial: Enquanto os últimos dois jogos Assassin’s Creed retratam momentos no início da cronologia da série, com os jogadores a explorarem vastos mundos abertos da antiguidade grega e egípcia, muitas das histórias ocorrem em ambientes mais modernos, como a era do Renascimento em Itália ou Paris durante a Revolução Francesa.

A mais requintada destas aventuras é o Assassin’s Creed Syndicate, que ocorre durante a era vitoriana em Londres. Os jogadores vão atravessar uma cidade agitada e densa com o novo gancho, sem dúvida a forma mais rápida de deslocação (especialmente das ruas para os telhados), que combina na perfeição com o movimento estilo parkour voador que é a imagem de marca da série.

O foco está em permanecer escondido, pelo que a eliminação de alvos requer um olhar atento e algum planeamento antecipado, resultando em abordagens entusiasmantes e escapadas emocionantes após a conclusão do objetivo.

 

Sniper Elite 4

Por que motivo é essencial: A criadora da série, Rebellion, descobriu uma das mecânicas mais satisfatórias de sempre ao colocar um sniper solitário a deambular pelas sombras de bases nazis da 2.º Guerra Mundial e a fazer uso do seu dom raro de enviar balas a sibilar em câmara lenta na direção dos seus alvos.

As mortes são apresentadas em vários níveis de zoom que desenvolvem desde o puxar do gatilho ao eventual impacto com vistas de raios x da destruição de ossos e tendões com uma precisão quase balística. O jogo recompensa a procura cuidadosa de linhas de visão com uma série de assassinatos dignos de por fim ao Reich e que se mantêm interessantes, mesmo após quatro jogos.

 

Alien: Isolation

Por que motivo é essencial: A maioria dos jogos de ação furtiva tendem a manter um desequilíbrio de poder entre o jogador e o mundo para criar uma sensação de tensão, contudo, dificilmente encontrarás um desequilíbrio tão grande como ser perseguido incansavelmente pelo "xenomorfo" que dá nome ao jogo e aos filmes da saga Alien.

Na pele de Amanda, a filha da personagem cinematográfica, Ellen Ripley, estás preso a bordo de uma estação espacial envelhecida onde cada conduta de ventilação e espaço apertado pode esconder um monstro horroroso a babar ácido. Junta-lhe alguns sobreviventes humanos e trabalhadores sintéticos a funcionar mal e tens uma sensação praticamente constante de medo, que torna as escapadas bem-sucedidas em picos intoxicantes de alívio.

Invisible, Inc. Console Edition

Por que motivo é essencial: A espionagem empresarial num futuro próximo pode não soar muito entusiasmante, mas quando a disposição dos níveis, os objetivos e a colocação dos inimigos é gerada aleatoriamente de cada vez que jogas, o planeamento cuidado nesta ação furtiva de jogadas alternadas vai parecer uma novidade incrível.

Junta-lhe vários agentes com habilidades únicas e missões que se adaptam imediatamente às tuas estratégias e tens a receita para um jogo com desafios e recompensas praticamente infindáveis, o que é bom, pois a morte de um agente retira-o da tua equipa para sempre.

Mark of the Ninja: Remastered

Por que motivo é essencial: Ao contrário do outro jogo da Klei Entertainment nesta lista, o Invisible Inc., este jogo de ação furtiva é definitivamente mais direto e orientado para a ação. Para percorrer os níveis sombrios de deslocamento lateral a cortar e a empalar inimigos na pele de um ninja vingativo, o elemento de surpresa é a tua derradeira arma.

Graças à capacidade para eliminar as fontes de iluminação, descer em tirolesa até pontos de escalada, esconder-te por detrás de objetos em primeiro plano, utilizar equipamento de ninja para fugir e escalar paredes com facilidade, cada nível vai parecer um puzzle para resolver. Adicionalmente, os salvamentos ninja de bónus e as recompensas por permaneceres completamente escondido dão-te motivos para voltares aos níveis.

Volume

Por que motivo é essencial: O programador independente Mike Bithell concebeu níveis realmente inteligentes para complementar a sua história sombria e repleta de ação furtiva, mas os assaltos não param quando a história termina.

Ao contrário dos outros jogos nesta lista, os níveis criados pelos utilizadores e a possibilidade de partilha no Volume permitem desfrutar de uma quantidade enorme de conteúdo adicional, tudo desenvolvido em redor da simples utilização da distração e de movimentos rápidos para evitar os olhos atentos dos guardas-patrulha.

Apresentado numa simples vista de cima que presta homenagem às missões de RV dos primeiros jogos da saga Metal Gear Solid, o estilo artístico minimalista e o design de níveis inventivo combinam perfeitamente com a música ambiental e a jogabilidade de tentativa e erro que te vão fazer sussurrar a nota épica dos clássicos de ação furtiva que não consegues parar de jogar: "Só mais uma tentativa…"

Deus Ex: Mankind Divided

Por que motivo é essencial: Sendo um testemunho do incrível trabalho de design de níveis que a Eidos-Montréal aplicou a Deus Ex: Mankind Divided, não tens de jogar Deus Ex exclusivamente como um jogo de ação furtiva, mas a satisfação será imensamente maior se explorares cada recanto deste mundo envolvente sem seres detetado, para descobrires os diversos segredos existentes em cada nível.

Ao evitares as mortes dos inimigos, o jogo ganha um efeito de simulador ninja-techno que te leva a desativar sistemas eletrónicos e a incapacitar silenciosamente ou esconder dos guardas-patrulha para te aproximares dos objetivos de uma forma que é distinta e única do ritmo e do mundo desta série.

Aragami

Por que motivo é essencial: Aragami tem uma profundidade enorme e um conjunto surpreendentemente inventivo de habilidades na mecânica central de manipulação de sombras e é cuidadoso na tentativa de não fazer mais do que o necessário para manter a novidade da mecânica à medida que desbloqueias novos poderes.

Há vários jogos de temática ninja na nossa lista, mas este tira muito proveito da estética japonesa ao aliar a música ambiental e a narração ligeira para contar a lenda de um assassino encapuçado que dispõe da capacidade de manipular as sombras para atacar os guardas incautos.

ECHO

Por que motivo é essencial: O cenário barroco e deslumbrante do enorme Palácio de Echo tem um segredo incrível: este lugar está constantemente a estudar a protagonista, En. Desde a forma como se movimenta aos ataques que utiliza e os caminhos que percorre, tudo é utilizado para gerar cópias assassinas que repetem a rota do dia anterior pela mansão para a tentar matar.

Esta ideia prepara um desafio absolutamente diabólico onde tens de considerar não só o que estás a fazer no presente, mas também o que fizeste anteriormente à medida que te deslocas de forma furtiva. O Palácio está constantemente a adaptar-se e a reagir ao teu estilo de jogo, fazendo de ti o teu pior inimigo.