Uma introdução a Stray sem spoilers

Conheça o gato, seu companheiro drone e o fascinante mundo dos robôs que os dois navegam para encontrar o caminho de casa nesta aventura inovadora da BlueTwelve Studio.

O herói felino

Ao começar sua jornada em Stray, você conhece o herói felino. Ele está ferido, sozinho, e sem nome. Mas este não é um mero gato de rua. Em uma estranha cidade habitada apenas por robôs, seu único objetivo é encontrar o caminho de volta para casa.

Trazido à vida por uma equipe de amantes de gatos da BlueTwelve Studio, o gato possui todos os traços adoráveis que você poderia esperar de um destemido protagonista felino.

Murtaugh

Referência para o herói. O gato de Koola e Viv, cofundadores do estúdio.

Oscar

Um gato do estúdio e referência para animação. O gato de Miko, animadora.

Jun

Gato do estúdio. O gato de Clara, artista de fase.

Tao

O gato de Swann, produtor.

Litchi

O gato de Swann, produtor.

B-12, o companheiro drone

Você encontrará um pequeno drone chamado B-12 logo no início da história, e ele se juntará ao gato em sua jornada. Você só conseguirá explorar a cidade toda se combinar as habilidades naturais do gato com as habilidades de B-12.

Não fica imediatamente claro por que B-12 está ajudando, mas vale lembrar que o pequeno companheiro drone tem suas próprias motivações e é um personagem importante na história. 

O que B-12 faz em Stray?

Interage e traduz

Você pode chamar o B-12 para interagir com tudo que for eletrônico (computadores, portas, etc.), e ajudar o gato a ler o alfabeto robô em placas e entender o que os robôs têm a dizer.

Armazena itens

Embora seja um drone pequeno, B-12 conta com um inventário para os itens das missões. Os itens neste inventário podem ser mostrados aos habitantes robôs para progredir. Ele também armazena "memórias" que podem ser inspecionadas depois para revelar informações sobre a cidade.

Dá direções

Chame B-12 a qualquer hora para lembrar você do seu objetivo atual, especialmente se não souber para onde ir.

Enfrenta inimigos

A rapidez e a agilidade do gato são a primeira linha defesa contra seus inimigos, mas uma habilidade desbloqueável concede algumas ferramentas para B-12 lutar. Os Zurks, inimigos parecidos com carrapatos, e outros perigos estão esperando por você. As habilidades do B-12 são limitadas, então você também precisará fazer uso da furtividade e do ambiente para sair por cima.

Ilumina o caminho

B-12 fornece tochas nas várias áreas escuras da cidade.

A população robô

A cidade é habitada por uma grande variedade de robôs humanoides, cada um vivendo seu dia entre os restos do que parecia ser uma ocupação humana. Cada robô reage de forma diferente ao ver um gato, e você aprenderá quais tipos tendem a ser amigáveis e quais não são à medida que avança.

Diálogo: "Grandma- Eu amo tricotar. Até agora eu tricotei 478 milhas de cachecóis. É algo para me manter ocupada."

Habitantes amigáveis

Alguns robôs são muito úteis, ajudando você a progredir em sua jornada. Fique de olho em Momo, na seção inicial do jogo, e mais tarde em Grandma, que ajuda a fazer roupas com peças reserva para a comunidade. Mas faça o possível para falar com todo mundo! Nunca se sabe quem poderá ser um contato útil.

A cidade

Inspiração

A cidade retratada em Stray é inspirada em Kowloon Walled City, um local que os cofundadores da BlueTwelve Studio sempre acharam fascinante. Eles consideravam que a concentração de habitações e de vários níveis eram um tanto orgânicas. 

Usando isso como referência, eles criaram vários experimentos visuais de uma cidade como Kowloon, que logo se tornaram o playground perfeito para um gato. O conceito de Stray veio logo em seguida.

A ambientação

Sinais de neon colorido e cordões de luz iluminam lindamente o que poderia ter sido uma sombria civilização distópica.

A adição dos robôs a esse ambiente traz uma narrativa intrigante e um forte contraste entre sua natureza sintética, porém humanoide, a sensação orgânica da cidade e a notável falta de humanos.

Exploração

A verticalidade da cidade adiciona uma nova dimensão à exploração. 

Você precisará resolver quebra-cabeças no cenário e procurar por "memórias" que desbloqueiam, em B-12, os dados que falam sobre a cidade. Como as plantas conseguem crescer sem a luz do sol? De onde veio o alfabeto robô? O que houve com os antigos habitantes da cidade? 

Só um gato pode acessar algumas dessas áreas para desvendar os mistérios do passado e do presente.

É hora de achar o caminho para casa.

Plataforma:
PS4, PS5
Lançamento:
19/7/2022
Distribuidora:
Annapurna Interactive
Gênero:
Aventura
Voz:
Inglês
Idiomas da tela:
Alemão, Chinês (simplificado), Chinês (tradicional), Coreano, Espanhol, Espanhol (México), Francês (França), Holandês, Inglês, Italiano, Japonês, Polonês, Português (Brasil), Português (Portugal), Russo, Turco
Para jogar esse jogo no PS5, talvez seja preciso atualizar seu sistema com o software do sistema mais recente. É possível jogar esse jogo no PS5, mas alguns recursos disponíveis no PS4 podem estar ausentes. Consulte PlayStation.com/bc para obter mais detalhes.

É preciso ter uma conta para usar os recursos online, que estão sujeitos aos termos de serviço e à política de privacidade aplicável (playstationnetwork.com/terms-of-service e playstationnetwork.com/privacy-policy).

Software sujeito à licença e à garantia limitada (us.playstation.com/softwarelicense/br).

Você pode baixar esse conteúdo e reproduzi-lo no console PS5 principal associado à sua conta (pela configuração “Compartilhamento do console e Jogo offline”) e em outros consoles PS5 ao fazer login com essa conta.
©2022 BlueTwelve Studio Ltd. Published by Annapurna Interactive under exclusive license. All rights reserved.
Annapurna Interactive Privacy Policy & EULA