Daily Bugle de Marvel's Spider-Man

O ABUTRE GRITA!

Daily Bugle de Marvel's Spider-Man – Electro
Toomes afirma que é inocente e culpa o Escalador de Paredes

Por Ben Urich
Adrian Toomes, conhecido como o ambicioso Abutre, usou seu dia no tribunal para gralhar e gabar-se de seus crimes. Ao sentar no banco dos réus, o Abutre passou o tempo guinchando sobre o Spider-Man em vez de assumir o próprio comportamento criminoso. Toomes afirmou que o vigilante mascarado era o “verdadeiro cérebro” por trás de seus atos vis. O júri desdenhou de Toomes, pois todos sabem que foi o Spider-Man quem capturou a ave de rapina careca para a polícia.
Com um veredito unânime de culpa e suas asas cortadas, o homem-pássaro poderá gorjear o tanto que quiser sobre ser inocente em sua cela pessoal na prisão de segurança máxima, A Balsa.

UM FILHO PRÓDIGO NA CIDADE

Harry Osborn defende a sustentabilidade ambiental
Por Robbie Robertson

O prefeito Norman Osborn anunciou o brilhante cientista por trás da retomada do programa de pesquisa científica de sua falecida esposa: nada menos que o jovem empreendedor Harry Osborn, seu filho.

Uma ideia até então inviável, o programa era uma paixão do jovem Harry Osborn, que passou os últimos anos dedicando-se constantemente a comprovar o potencial de seus laboratórios no topo de um prédio. Segundo os materiais distribuídos pela Oscorp, esses laboratórios foram preparados para avaliar os níveis de poluição da cidade e monitorar sistemas hídricos limpos, entre outros fatores ambientais. Quando a ideia foi apresentada à prefeitura, o projeto de Harry não só recebeu um generoso subsídio, como também tornou-se o eixo central da iniciativa de seu pai para promover melhorias em toda a cidade.

Defensores do meio ambiente preveem uma mudança positiva em toda a cidade de Nova York a partir das descobertas dos laboratórios, com expectativa de que o programa se torne um exemplo do futuro da vida em uma cidade limpa e sustentável

Marvels Spider Man Daily Bugle - Empire State University

ARACNÍDEOS AMADORES

A Ameaça-Aranha está incitando uma geração de novos vigilantes
Artigo especial por J. Jonah Jameson

A influência da Ameaça-Aranha sobre a cidade está fora de controle. Fantasias infantis e máscaras de Halloween são uma coisa. O problema é quando imitadores vagueiam pelas ruas em fantasias de bazares populares! Parece outro efeito colateral de seu “vigilantismo” descontrolado, que vem na forma de imitadores sem poderes e sem limites.

É claro que eles aproveitarão as míseras vantagens de vestir sua máscara, como selfies com fãs e presentes de simpatizantes do aranha. Eles não terão tanta sorte quando se depararem com qualquer um dos inimigos do cabeça-de-teia. Em um momento estarão colocando ketchup no hot-dog que ganharam de graça. No outro, estarão recebendo o “beijo” de um grande e musculoso punho de um dos furiosos adversários do Spider-Man.

Imploro a todos vocês que deixem o combate ao crime para os corajosos homens e mulheres das forças policiais. Como se não bastasse uma Ameaça-Aranha, certamente eles não precisam de uma milícia de amadores vestindo fantasias e ameaçando as pessoas nas ruas. E o Moleque-Aranha certamente não precisa de mais incentivo do que já tem!

FISK ESTÁ DE VOLTA

Magnata afasta rumores de ser “Rei do Crime” na inauguração da nova torre
Por Kat Farrell

Wilson Fisk voltou de sua viagem a negócios ao Japão para a grandiosa inauguração da Fisk Tower. O próprio Fisk cortou a faixa simbólica de inauguração em frente à entrada, parecendo despreocupado com as recentes alegações que o incriminavam como “Rei do Crime” na cidade de Nova York.

Há pouco tempo, o Clarim Diário foi o primeiro veículo da imprensa a noticiar que os escritórios de Wilson Fisk haviam sido revistados em um esforço para esclarecer os rumores de que, na verdade, seria um “Rei do Crime”.

As autoridades que conduziram a investigação concluíram que não havia evidências sugerindo conexões entre Fisk e o crime organizado da cidade de Nova York. Assim, a investigação foi encerrada.

Quando solicitado a comentar sobre o escândalo, a única resposta de Fisk foi um sorriso evasivo, um gole em seu conhaque e uma indicação a seus advogados. Enquanto o CEO celebra a nova torre que leva seu nome, o Comissário de Polícia está reunido com o Capitão da Polícia, Yuri Watanabe, para tratar de futuros protocolos para investigações.

Marvels Spider Man Daily Bugle - Empire State University
Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - Prefeito Osborn

UM TIPO DIFERENTE DE SUPER-HERÓI

Um olhar mais detalhado sobre Martin Li
Por Ben Urich

Todos têm um passado. Embora o rico empresário Martin Li pareça não ter. O Clarim Diário fez investigações para saber como ele se tornou o mais amado filantropo da cidade de Nova York.

Acontece que Li é a encarnação do Sonho Americano. Como órfão, Li passou por lares de adoção em Manhattan antes de ir parar na China, a terra natal de seus pais imigrantes. Cerca de uma década depois, Li retornou com milhões de dólares e um grande coração. Ao chegar, Li fundou seus abrigos F.E.A.S.T. para assegurar que ninguém mais se sentisse esquecido ou abandonado.

O misterioso passado de Li faz lembrar os combatentes do crime fantasiados que protegem nossas vizinhanças, exceto pela máscara e o traje. Na verdade, Martin Li poderia ser o herói pelo qual esperamos todos os dias.

Clarim Diário, do Marvel's Spider-Man - J. Jonah Jameson

NÓS O AMAMOS, MAS NEM... TODOS

Cidade dividida sobre o Spider-Man
Por Betty Brant

Desde que começou a balançar pela cidade de Nova York há alguns anos, o Spider-Man desenvolveu uma considerável reputação, para o bem e para o mal. Sua pequena base de fãs afirma que os bandidos teriam saqueado a cidade se não fosse por ele.

Mas os críticos afirmam que ele é destrutivo e irresponsável. “Nossos impostos aumentaram graças à sua irresponsabilidade! Grande herói”, reclamou um morador mais antigo de Manhattan.

Entre os opositores está o Prefeito Osborn, que se recusa a acreditar que o lançador de teias está do nosso lado. Como já afirmado, o Prefeito tem vários planos em andamento, com o objetivo de eliminar nossa crescente dependência do Spider-Man.

Estamos prontos para uma cidade livre do Aranha? Será que nunca mais precisaremos, ou desejaremos, que ele esteja por perto?

© 2018 MARVEL

EDIÇÕES DO CLARIM DIÁRIO

Compartilhar a edição nº 3